Onde estão os objetos
25/09/2008 00:00
0
Pessoal,

Estou desenvolvendo um TCC no meu ultimo ano da facul em GRAILS.

O Framework é sensacional =)

Entretanto, ontem a noite, quando fui apresentar meu sistema rodando para o meu orientador, ele me questionou sobre objetos.

Eu expliquei como o sistema funciona, através da filosofia do MVC, mostrei a estrutura de diretórios do GRAILS e que após terminar o projeto, criando um WAR para poosterior instalação em um JBoss, TomCat, etc, a aplicação se tornaria Stand-Alone, até aí tudo bem, mostrei a modelagem das Classes no ClassDomains, mostrei os Controllers, indicando cada método criado após usar o "scaffold" e por fim , mostrei as Views do CRUD gerado, entretanto, ele insiste em fazer-me a mesma pergunta.

Onde está o objeto?

Ele quer ver algo como:

doacao d1 = new doacao();

E confesso, não achei nada disso no código e agora corro o risco de ter que refazer toda a minha aplicação pois, nossas disciplinas são em linguagens baseadas em orientação a objeto.

Ele diz ser a favor da utilização de frameworks, desde que se possa seguir rigorosamente a documentação em UML criada no semestre anterior.

Pessoal, socorro!!!

Preciso mostrar o OBJETO sendo criado para comprovar que o GRAILS funciona orientado a objeto.

Qualquer ajuda será muito bem vinda, desde que possa elucidar essa questão.

ABraço,
Tags: Grails


0
Bem, basicamente todas as suas classes de controle, domínio, serviços, tags, etc são objetos!

Se você quiser mostrar "objetos" para o seu professor, basta mostrar o código fonte do controlador. Se bobear, você está usando o scaffolding dinâmico

[code language='java']
def scaffold = true
[/code]

Para explicitar como os objetos são instanciados, simplesmente crie um scaffolding estático dos seus controladores.

Uma dúvida que seu professor poderia ter seria: "tá, ok: mas não tem herança?". Neste caso, os atributos das classes são definidos em tempo de execução pelo Grails, o que minimiza significativamente a necessidade de herança (mesmo porque, abusar de herança é péssima prática).

A propósito, se você mostra o padrão MVC, mutio me estranha que seu professor não tenha visto os "objetos", uma vez que este padrão É um padrão ORIENTADO a OBJETOS!

Outro argumento que você poderia usar: Groovy É uma linguagem orientada a objetos! Sim, você pode trabalhar proceduralmente com ele, por exemplo, na criação de scripts, mas no caso do Grails, você SEMPRE está criando classes que serão instanciadas.

Qualquer coisa, estou a sua disposição.


0
Prezado colega kicolobo,

Na verdade eu gostaria sim de tirar outras dúvidas contigo, como por exemplo "como criar um scaffolding estático do meu controlador para mostrar ao prof. o objeto sendo instanciado com o comando "new".

Posso contatá-lo por email? o sistema aqui pra mim está muito instável!

Muito obrigado pela resposta,

Sds,
25/09/2008 00:00


0
Opa, claro!

me adicione pelo msn: <!-- e --><a href="mailto:kicolobo@itexto.net">kicolobo@itexto.net</a><!-- e -->

Ou então, pode me contactar por e-mail também: <!-- e --><a href="mailto:loboweissmann@gmail.com">loboweissmann@gmail.com</a><!-- e -->

Qualquer coisa, estou a sua disposição.


0
Diga a ele que é o framework que tem responsabilidade por criar a maior parte dos objetos. Simples. Explique o que é IoC e como isso se encaixa no contexto do Grails, talvez fique mais simples justificar onde estão os objetos.

valeuz...



Ainda não faz parte da comunidade???

Para se registrar, clique aqui.


Aprenda Groovy e Grails com a Formação itexto!

Newsletter Semana Groovy

Assinar

Envie seu link!


Livro de Grails


/dev/All

Os melhores blogs de TI (e em português) em um único lugar!

 
Creative Commons
RSS Grails Brasil é mantido por itexto Consultoria.
Em caso de problemas contacte Henrique Lobo Weissmann (Kico) por e-mail: kico@itexto.com.br
Todo o conteúdo presente neste site adota o Creative Commons como licença padrão.
Ver: 4.14.0
itexto