Confiança no Grails
13/09/2016 21:51
0
Boa noite a todos!

Trabalho com G&G há alguns anos e já participei do desenvolvimento de alguns projetos bem sucedidos com ele. Porém sempre encontro dificuldade na minha empresa em começar um novo projeto com ele.

O último agora foi com o NodeJS. Que disseram ser bastante simples (na prática é um pouco mais complexo). Então por quê o G&G, principalmente o Grails sendo uma framework tão poderosa, ainda enfrente essa resistência por parte das empresas?

Essa é uma dúvida que eu tenho e que gostaria de compartilhar com os colgas. Obrigado.
Tags: Grails


2
Confesso achar curioso o pessoal ter mais confiança no NodeJS, que ainda não tem um décimo da maturidade que envolve Grails (e o Java EE, que é o principal) e Groovy.

Mas no geral, creio que seja mais uma questão de marketing: simplesmente não se faz tantas apresentações sobre Groovy e Grails quanto se faz, por exemplo, de NodeJS. O que é uma pena, visto que na minha experiência direta, Grails controla, por exemplo, boa parte do e-commerce nacional (e latino américa - exemplo: Mercado Livre é 95% implementado em Grails), além de muitos cases de sucesso nas áreas comercial, mineração, financeira, engenharia, saúde, sistemas governamentais, startups..  

Nos meus treinamentos costumo mostrar um slide que expõe as empresas que trabalham com Grails e com as quais *eu* tive contato direto e imediatamente o mito de que não é usado cai por terra (aliás, o slide está muito desatualizado).

Depende muito de como você vai vender a coisa. Se for falar simplesmente do Grails, é tolice: tem de mostrar a base em cima do qual ele é construído, que é o Java EE, Spring, Hibernate e diversos outros componentes cuja maturidade é comprovada pelo mercado há quase 20 anos.

Sobre Groovy, creio que a coisa melhorou muito de uns anos pra cá. Realmente, quando comecei a usar a linguagem quase 10 anos atrás (talvez 10), ela era mais lenta que Java (ordens de magnitude), o que gerava uma má impressão a seu respeito. Uma má impressão estúpida, diga-se de passagem, dado que nunca era apresentado um requisito de desempenho. No entanto, hoje aquilo é passado e o desempenho fica quase pau a pau. Isto sem mencionar os inúmeros projetos open source que usam Groovy por trás dos panos também.

Resumindo, é uma questão de pura ignorância e o fato de haver uma visão focada apenas no que se mostra em eventos, ignorando-se completamente o fato de que a maior parte do que é exposto na realidade é uma fachada para se vender serviços envolvendo aquelas tecnologias, e não seu uso real e consolidado.

E você, como apresenta a tecnologia?


0
Tem razão! Acho que a principal sacada é que tentei vender o Grails, e não as tecnologias na qual ela é baseada.

Obrigado Kico!
14/09/2016 15:00


0
?Depende muito de como você vai vender a coisa. Se for falar simplesmente do Grails, é tolice: tem de mostrar a base em cima do qual ele é construído, que é o Java EE, Spring, Hibernate e diversos outros componentes cuja maturidade é comprovada pelo mercado há quase 20 anos.?
Concordo plenamente
16/09/2016 18:12


0
Prezados,  gostaria de saber onde mais o Grails é usado. Existe algum site que mostra o uso tanto do Groovy quanto do Grails?

Desde já agradecido.
16/09/2016 22:26


0
Boa tarde a todos!

Kico, poderia nos mostrar esse slide que expõe as empresas que trabalham com Grails ?

Atenciosamente,
17/09/2016 17:04


0
Oi Gilberto, claro!

http://pt.slideshare.net/loboweissmann/slides-final-41029521?qid=24b6c9c7-5c5e-430d-8b43-cb84d9268e5c&v=&b=&from_search=3 (são os slides 11 e 12, mas estão bem desatualizados, hoje o número é bem maior)

Sobre links para sites feitos em Grails: temos o Grails Brasil mesmo, na lista de cases e...

Ofiical do Grails - http://grails.org/websites
E mais este: http://grails-startups.herokuapp.com/
Havia um outro também, que não tenho mais o link, que tinha outra lista gigantesca.

Algo que estou pensando para o Grails Brasil em breve é uma seção só com este tipo de informação, talvez fique no blog.


0
Eu por exemplo tenho muita dificuldade com materiais para estudo, meu inglês é muito ruim e fico limitado a materiais português. Os únicos que encontrei para estudo foi o do Kico e na hora de tirar duvidas somente encontrei esse forum, acho que isso meio que inibe o pessoal a usar o Grails.
22/09/2016 15:01


0
Inglês é vida rsrsrs...
Realmente carece de informações em português, mas isso não é só para Grails não... felizmente a gente tem esse forum para tirar dúvidas e os materiais do Kico para aprender. Parece que parece que vai formar uma nova turma para um curso do framework...
Agora o inglês te deixa um passo a frente mesmo 
22/09/2016 17:30



Ainda não faz parte da comunidade???

Para se registrar, clique aqui.


Aprenda Groovy e Grails com a Formação itexto!

Newsletter Semana Groovy

Assinar

Envie seu link!


Livro de Grails


/dev/All

Os melhores blogs de TI (e em português) em um único lugar!

 
Creative Commons
RSS Grails Brasil é mantido por itexto Consultoria.
Em caso de problemas contacte Henrique Lobo Weissmann (Kico) por e-mail: kico@itexto.com.br
Todo o conteúdo presente neste site adota o Creative Commons como licença padrão.
Ver: 4.14.0
itexto