Começando com o Grails
29/09/2015 16:07
2
Olá Pessoal, Boa Tarde.

Essa é minha primeira postagem no fórum e estou começando a programar usando o grails, um amigo meu disse que ele é muito produtivo e resolvi conhecer.

Minha primeira duvida é com relação ao framework em si, Quem desenvolve? Existe alguma instituição ou empresa por trás do grails? 

A comunidade de desenvolvedores é ativa? Existe alguma perspectiva de futuro pro grails? 

Faço essas perguntas pois minha primeira dificuldade foi com relação a integração do grails com eclipse, pois até onde eu vi o plugin foi descontinuado, tive que instalar uma versão antiga do grails, por conta disso já fiquei meio receoso com o grails. E também tive dificuldades com relação a versão do JAVA, existe algumas incompatibilidades com o JAVA 8.
Tags: Grails, eclipse, JAVA8


1
Oi Marcus,

existe uma equipe bastante ativa responsável pelo desenvolvimento do Grails que é financiada pela OCI. Inclusive existe suporte comercial oferecido pela mesma empresa, tal como você pode ver neste link: https://grails.org/support.html? . 

No Brasil, minha empresa, a itexto (http://www.itexto.com.br) , que é também quem mantém o Grails Brasil oferece suporte ao framework, atendendo clientes tanto no Brasil quanto no exterior.

Sobre a atividade do projeto: está muito ativo. Sai um release a cada quinze dias corrigindo bugs e adicionando novas funcionalidades. O futuro do framework é portanto garantido, e visto que já possuí oito anos, também tem a credibilidade do mercado. Empresas muito grandes usam Grails como a fundação dos seus sistemas. Um bom exemplo é o Mercado Libre (tanto no Brasil quanto fora dele), que é 95% implementado em Grails.

Sobre o plugin descontinuado, o GGTS. Na realidade, ele o foi por que a antiga patrocinadora do Grails, parou de investir nele e em seu lugar entrou a OCI. No entanto, o termo "descontinuado" não sei se é aplicável hoje, visto que há um forte esforço em atualizá-lo e, ainda mais interessante, temos visto o retorno da Pivotal que está unindo forças com a OCI, o que torna ainda mais seguro o futuro desta ferramenta.

Sobre a comunidade de desenvolvedores: é imensa, e dentre estas o Grails Brasil é uma das maiores do mundo, com mais de 2000 membros. Um lugar legal pra acompanhar (em tempo real) tudo o que ocorre é o Slack oficial do framework - http://grails.slack.com

Sobre IDEs: além do GGTS, há também o suporte do Netbeans e do IntellijIDEA, ambos atendendo legal. No entanto, é interessante observar que Grails foi projetado visando-se ser utilizado com ferramentas simples, como editores de texto e linha de comando (que são a ferramenta que mais uso). Fiz uma análise das IDEs em meu canal no YouTube caso te interesse: http://www.youtube.com/kicolobo

Qualquer coisa estamos aqui para te ajudar!


1
Muito Obrigado Henrique.

Estou estudando o grails e estou começando a fazer algumas coisas com ele, Qualquer coisa volto a postar novamente.


0
Oi Marcus, poste sim!

Toda dúvida aqui postada ajuda demais a comunidade, pois outras pessoas podem ter passado pelos mesmos problemas que você e, em contra-partida, o pessoal também aprende tentando resolver os seus problemas!


1
Boa noite, pessoal !  Vi este post e achei interessante faze esta pergunta aqui a abrir um novo post. 
Para iniciar um projeto novo, do zero, seria melhor usar o Grails 2.5.X ou Grails 3.0.XX ?  
No meu caso, estou bastante acostumado com Grails 2.X.X.
09/12/2015 22:40


1
Oi Reinaldo,

hoje o 3.0 já é uma boa alternativa para se começar novos projetos, especialmente depois da versão 3.0.9
Antes disto, a versão 2.5 ainda se mostra mais interessante.



Ainda não faz parte da comunidade???

Para se registrar, clique aqui.


Aprenda Groovy e Grails com a Formação itexto!

Newsletter Semana Groovy

Assinar

Envie seu link!


Livro de Grails


/dev/All

Os melhores blogs de TI (e em português) em um único lugar!

 
Creative Commons
RSS Grails Brasil é mantido por itexto Consultoria.
Em caso de problemas contacte Henrique Lobo Weissmann (Kico) por e-mail: kico@itexto.com.br
Todo o conteúdo presente neste site adota o Creative Commons como licença padrão.
Ver: 4.14.0
itexto