OpenSessionInView
25/03/2015 13:28
0
Já utilizei grails em alguns projetos pequenos e pontuais com poucos acessos e em questões de performance ele se comportou conforme esperado. Estamos para começar um projeto maior (hotsite), com expectativa de um número de acesso alto (algo com até 30 req/sec) queria que compartilhassem suas experiências, onde devemos nos preocupar, etc... Uma de nossas preocupações é o OpenSessionInView que abre uma sessão Hibernate para cada request, alguém tem alguma dica a respeito? Desde já, grato...
Tags: Hibernate, Performance, Tunning


0
Amigo,

- Acredito que se você vai ter muitas requisições e seu conteudo não vai ser atualizado a todo momento pode implementar um sistema de cache, só nesse formato já evita de ficar executando diversas consultas no banco.

- Você pode separar seus arquivos estáticos como (css, js, imagens) do servidor que vai executar a aplicação Grails. Nesse formato você já alivia ser servidor principal de ficar processando esses arquivos. Uma sugestão (http://aws.amazon.com/pt/cloudfront/)

- Manter suas classes de domínio simples, nesse link (http://www.itexto.net/devkico/?p=1097) o Kico dono do Graisl Brasil explica bem.

Espero que ajude

Abs
25/03/2015 15:40


0
Amigo, o OpenSessionInView é inevitável e não há estratégia melhor sem uma tonelada de riscos.

O que ajuda muito é que, em situações onde o que você recuperar registros do banco não que não serão alterados na mesma requisição (o que é muito comum), você marcar a Service (ou um método) como não transacional.

Só isso já dá um grande ganho. Testa ai para ver a diferença.


0
Obrigado pelas respostas. Encontrei uma boa apresentação "Tuning Grails Applications"
02/04/2015 17:36



Ainda não faz parte da comunidade???

Para se registrar, clique aqui.


Aprenda Groovy e Grails com a Formação itexto!

Newsletter Semana Groovy

Assinar

Envie seu link!


Livro de Grails


/dev/All

Os melhores blogs de TI (e em português) em um único lugar!

 
Creative Commons
RSS Grails Brasil é mantido por itexto Consultoria.
Em caso de problemas contacte Henrique Lobo Weissmann (Kico) por e-mail: kico@itexto.com.br
Todo o conteúdo presente neste site adota o Creative Commons como licença padrão.
Ver: 4.14.0
itexto