Command Object e a reiniciação (obrigatório?!) do servidor
27/12/2011 11:04
0
Pessoal,

Gosto de usar CommandObjects por 3 motivos:

1) O que será recebido como parâmetros de uma requisição fica claro, o que aumenta a legibilidade do código;
2) Não preciso fazer manualmente o cast dos meus parâmetros; e
3) Posso renderizar os erros de validação de formulário com extrema facilidade.

Por outro lado, a utilização desta técnica é chata porque cada vez que eu modifico uma classe CommandObject tenho que reiniciar o servidor. Queria uma solução para esse meu dilema. Imaginei duas possibilidades:

1) Descobrir alguma forma de trabalhar com CommandObjects que não me obrigue a reiniciar o servidor a cada modificação da classe (quem sabe no Grails 2.0); ou

2) Descobrir alguma forma de utilizar um mapa ao invés de CommandObjects e por meio deste mapa fazer o bind com os dados de params, além (se possível) de colocar nele os meus constraints.

Alguém pode me ajudar nessa busca?

Grato,

Ricardo Terzella
Tags: CommandObject, BindData, Constraints


0
Oi Ricardo,

o recarregador de classes do Grails pré 2.0 é bastante falho. No entanto, é engraçado você precisar reiniciar o servidor toda vez que altera a estrutura do seu command object. Lembre-se de que muitas vezes o recarregamento da classe não é imediato.




Ainda não faz parte da comunidade???

Para se registrar, clique aqui.


Aprenda Groovy e Grails com a Formação itexto!

Newsletter Semana Groovy

Assinar

Envie seu link!


Livro de Grails


/dev/All

Os melhores blogs de TI (e em português) em um único lugar!

 
Creative Commons
RSS Grails Brasil é mantido por itexto Consultoria.
Em caso de problemas contacte Henrique Lobo Weissmann (Kico) por e-mail: kico@itexto.com.br
Todo o conteúdo presente neste site adota o Creative Commons como licença padrão.
Ver: 4.14.0
itexto